Profissionais da educação têm enfrentado já há algum tempo condições de trabalho difíceis e desfavoráveis. A falta de investimento em políticas públicas de educação, a precarização do trabalho, a desvalorização salarial, a falta de autonomia no trabalho e as crescentes demandas pedagógicas que não fazem sentido são alguns dos fatores que têm gerado intenso sofrimento em trabalhadores da educação. A pandemia do Covid-19 veio intensificar essas tendências, gerando ainda mais insegurança em educadores de todos os níveis de atuação, no ensino público e no privado. O projeto Saúde Mental de Profissionais da Educação foi desenvolvido pensando no atual panorama vivenciado por educadores. O adoecimento psicológico tem sido, infelizmente, uma realidade cada vez mais presente em trabalhadores do setor. A ideia do projeto é atender a demandas que dizem respeito à saúde mental de trabalhadores da área da educação.

Cadeiras organizadas
 
Sala de terapia

Modalidades de atendimento

Atendimento psicológico individual

Estamos abrindo vagas para atendimento psicológico individual online para profissionais da educação. A equipe é constituída por psicólogas e psicólogos comprometidos com a valorização da educação e sensíveis às questões do trabalho de educadores. 
O projeto é aberto para profissionais da educação de qualquer nível - educação infantil, ensino básico, ensino superior e educação extracurricular - e de todas as formações e funções -  professora(or), coordenadora(or), auxiliar de ensino, diretora(or) etc. 
Os atendimentos acolhem qualquer tipo de demanda, não apenas aquelas ligadas às questões de trabalho, fazendo com que se amplie a oportunidade de acesso a cuidados da saúde mental para profissionais da educação.
Trata-se de um serviço oferecido por profissionais com registro ativo no Conselho Federal de Psicologia (CFP).  
Serão cobrados honorários pelo serviço, por se tratar de uma prática profissional. O valor cobrado é compatível com a realidade profissional no setor de educação, de forma que possa haver uma ampliação no acesso a um serviço de atendimento psicológico, e, ao mesmo tempo, o trabalho da(o) psicóloga(o) possa ser valorizado.

Outras modalidades de atendimento

Em breve.

 

Artigos e notícias

Professores: saúde mental fragilizada e a desvalorização como regra

Artigo da Revista Educação

COVID-19: ensino remoto emergencial e saúde mental de docentes universitários

Revista Brasileira de Saúde Materno Infantil

O malabarismo de ser mãe e professora na quarentena

Revista Nova Escola

A precarização do trabalho docente e o adoecimento mental no contexto neoliberal

Revistas e Anais UNIUBE

Paciente em atendimento
 

Equipe

Guilherme Gibran Pogibin - CRP 06/98825 (coordenador)
Katia Ackermann - CRP 06/72704
Marco Aurélio de Lima - CRP 06/65524
Brisa Bejarano Campos - CRP 06/94625
Ana Jéssica Cruz Teixeira - CRP 06/152517
Bruna Borba de Araújo Tchalekian - CRP 06/118037
Rafaela Nascimento - CRP 06/147452
Adriana Dias da Silva - CRP 06/142173
Murilo Zoline - CRP 06/144435
Gabriel Ribeiro Tiburcio - CRP 06/162961
Manoela de Oliveira Pedreira - CRP 06/143111
Rafael João da Silva - CRP: 06/142312

 

Contato

Caso tenha interesse em atendimento psicológico, clique no botão abaixo para preencher uma ficha no Google Forms.